Logo ME

O que é a magia negra hindu?

Ritual envolve crânios e galinhas mortas.

Ilustra Horácio Gama
Edição Felipe van Deursen

ATENÇÃO: Imagens escondidas!
Use óculos de lentes vermelhas para enxergá-las

REPORTAGEM “RITUAIS SOBRENATURAIS”
– Boneco vodu 

– Ritual de necromancia 
– Golem judaico 
– Oferenda aos orixás 
– Cerimônica wicca
– Exorcismo islâmico

 

Magia negra hindu

Religião – Hinduísmo
Surgimento – Século 18 a.C., Índia
Onde é mais praticada – Índia e Sudeste Asiático
Praticantes – 1,1 bilhão

rituais-sobrenaturais_hindu-2

(Horácio Gama)

1. MÃO DUPLA
O antigo ritual de magia negra dos hindus, conhecido como jadu tona, serve para lançar demônios contra inimigos. Diante de um crânio humano, feiticeiro começa a recitar vedas (cânticos) de caráter dúbio, que podem ser usados de forma negativa – como o Atarvaveda, que tem fórmulas mágicas voltadas para conquistar um amor ou provocar doenças

2. RECEITA SINISTRA
Enquanto recita as fórmulas, o feiticeiro sacrifica um animal, de preferência uma galinha, e joga o sangue dentro do crânio. Se o objetivo é fazer amarração ou causar algum mal, ele adiciona na mistura lascas de unha ou fios de cabelo da vítima. Se a meta for controlar o espírito de um morto, uma foto do falecido deve ser picada e jogada na receita

3. DEMÔNIO CATIVO
Segundo a fé hindu, o feiticeiro pode controlar um espírito específico por até 24 horas e usá-lo para investigar pessoas vivas ou mortas. Após esse período de um dia, o demônio fica preso na vítima. A pessoa sofre o peso da magia negra e só consegue se livrar do espírito com uma sessão de exorcismo

 

rituais-sobrenaturais_hindu-3

(Horácio Gama)

4. OLHOS VERMELHOS
Para desfazer a magia negra, é preciso realizar o mesmo ritual, com um sacerdote que invoque o demônio para mandá-lo embora – ou para se voltar contra quem o enviou. Enquanto isso, a vítima de jadu tona sofre muito: depressão, falta de apetite, insônia, unhas escuras, taquicardia, olhos vermelhos e marcas na pele

5. ENVENENAMENTO
O processo fica mais intenso e rápido se um pedaço pequeno do crânio sobre o qual foi realizado o ritual é moído e colocado na comida ou na bebida da vítima. É por isso que há uma crença popular entre hindus que diz que não é recomendável aceitar comida na casa dos outros, a não ser que o anfitrião compartilhe a comida e a bebida

LEIA TAMBÉM:
+ O que são chakras? 
+ Por que a vaca é sagrada na Índia? 
+ Como as grandes religiões encaram o momento da morte?