Logo ME

20 expressões surgidas online que já chegaram aos dicionários

A velocidade da comunicação online acelerou o processo de "oficialização" de certas gírias e expressões pelos dicionários

PERGUNTA Rafael Battaglia Popp, Guarulhos, SP

A adoção de termos criados na cultura online depende do dicionário. Menos conservadores, os glossários em inglês já possuem expressões como “OMG” e “fandom”, enquanto os brasileiros só incluem palavras que já estão consolidadas, como “blogue” e “tuitar”. A exceção fica por conta do Dicio (Dicionário Online de Português), disponível na web e sem o peso e a tradição dos dicionários tradicionais. O fato é que a internet tornou a aceitação de uma nova palavra menos burocrática: antes, os verbetes candidatos passavam por uma espécie de quarentena de até cinco anos, para ver se caíam na boca do povo. Agora, sem o processo de quarentena, a inclusão tende a ser mais rápida.

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Uma foto de uma pessoa ou animal que representa você na tela de um computador, quando está em chats ou jogando pela internet.
(Longman Dictionary of Contemporary English)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Receber um arquivo através da rede mundial de computadores.
(Aurélio)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Página pessoal ou coletiva, atualizada periodicamente, em que os usuários podem trocar experiências, comentários etc., geralmente relacionados com uma determinada área de interesse.
(Houaiss)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Defeito, falha ou erro na lógica ou no código de um programa que provoca seu mau funcionamento.
(Houaiss)

 

(Ale Kalko)

Apagar, cancelar, suprimir (texto, arquivo, documento) / apagar da memória; esquecer
(Michaelis)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Uma imagem feita de símbolos, como gráficos de pontuação, usada em mensagens de texto, e-mails etc., para expressar uma emoção em particular.
(Cambridge Dictionary)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Uma pequena imagem ou ícone usado para expressar uma ideia ou emoção na comunicação eletrônica.
(Oxford Dictionary)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

O estado de ser muito fanático por uma equipe esportiva, banda, tipo de entretenimento etc.
(Macmillan Dictionary)

 

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Zoar, irritar, chatear alguém por meio de uma zoação intensa que busca perturbar ou enfurecer a pessoa que dela é alvo.
(Dicio – Dicionário Online de Português)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Comunicar-se por meio do Twitter. (O dicionário Aurélio prefere a grafia “tuitar”.)
(Michaelis)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Conteúdo espalhado rápido e amplamente ou popularizado pelas pessoas por meio da comunicação eletrônica.
(Merriam-Webster)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Alguém que escreve comentários negativos e hostis em um site para provocar as pessoas.
(Macmillan Dictionary)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Foto de uma pessoa despida, sem roupa.
(Dicio – Dicionário Online de Português)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Alguém que finge ter uma qualidade ou posição social que, na verdade, não possui, normalmente para ser notado ou admirado pelas pessoas.
(Longman Dictionary of Contemporary English)

 

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Uma abreviação para “Oh my God”: escrita para mostrar surpresa ou empolgação sobre algo, especialmente em mensagens de texto ou e-mails
(Macmillan Dictionary)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Fotografia que uma pessoa tira de si mesma, geralmente com um celular, e publica nas redes sociais.
(Michaelis)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Uma imagem, vídeo, pedaço de texto etc., normalmente humorístico, que é copiado e se espalha rapidamente pelos usuários da internet, frequentemente com pequenas variações.
(Oxford Dictionary)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Sigla para “laughing out loud” (“Rindo alto”)
(Merriam-Webster)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Alguém que envia um e-mail nervoso ou insultante.
(Cambridge Dictionary)

 

(Ale Kalko/Mundo Estranho)

Arrasar; sair-se bem; ser bem-sucedido emalgo; obter sucesso.
(Dicio – Dicionário Online de Português)

 

COMO UMA PALAVRA ENTRA NO DICIONÁRIO?

1) Profissionais especializados, os lexicógrafos, caçam novos termos ou novos significados para palavras já existentes em revistas, livros, jornais e internet.

2) Detectado um novo termo, ele é catalogado juntamente com o seu significado e contexto no qual foi utilizado. Esse registro de uso é chamado de “citação”.

3) Quanto mais citações uma palavra tiver, e de mais fontes diferentes, maiores suas chances de entrar no dicionário. É um processo que costumava levar no mínimo alguns anos, mas hoje em dia acontece mais rapidamente.

4) Se a palavra realmente passou a ser usada, ela entra no dicionário. A definição é feita pelos lexicógrafos, que contam com o auxílio de especialistas de áreas ligadas àquela palavra em questão.

 

CONSULTORIA Janaína Ferraz, doutora em linguística pela Universidade de Brasília
FONTES Site O Estado de S. Paulo, dicionários Aurélio, Cambridge, Dicio, Houaiss, Longman, Oxford, Macmillan, Merriam-Webster e Michaelis

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!