Logo ME

7 curiosidades bizarras sobre o País de Gales

No Natal, levante cedo pra curtir cantorias, caramelos e parques - ou pra não levar uma surra!

ARRE, ÉGUA
O sul do país tem uma antiga tradição natalina: a Mari Lwyd, ou “égua cinza”. Vestida com esta fantasia que inclui um crânio de cavalo, a pessoa visita diversas casas e desafia os moradores a uma batalha de rimas

ACORDA, MENINA!
No século 19, nas áreas rurais, as crianças tinham um motivo extra para acordar cedo no dia 26: a última a sair da cama apanhava com galhos deazevinho! Felizmente, a tradição do “holming” caiu em desuso

ACORDA, MENINO!
Outro costume que já morreu foi o do plygain. No dia do Natal, grupos de homens se reuniam para cantar canções de Natal em três vozes – mas o show começava às 3h da manhã. E durava até quatro horas!

 

Veja também

DOCE PRA CASAR
Enquanto o plygain não começava, o passatempo era fazer toffees. O açúcar caramelizado era jogado na água fria e, se assumisse a forma de uma letra, era a inicial do futuro amor de alguém solteiro na família.

 

BEBE E PASSA
Uma das bebidas típicas da época é o wassail, também comum em outros países. É um ponche com frutas, açúcar, especiarias e cerveja quente. Geralmente, todos bebem de uma mesma tigela, grande e ricamente decorada.

OLHA O PASSARINHO!
As festas se encerram no “Décimo Segundo Dia de Natal” (5 de janeiro), quando homens caçam uma ave chamada carriça e a prendem numa caixa de madeira. Aí as pessoas pagam 1 centavo para abrir a caixa e ver o bicho.

 

PRA LEVAR O CRUSH
Várias cidades ganham feiras natalinas. A Winter Wonderland, em Cardiff, inclui carrossel, rinque de patinação, um típico vilarejo alpino e muitas lojinhas de comidas artesanais ou decorações feitas à mão.

 

 

Veja também

 

ESTATÍSTICAS CURIOSAS

58 letras no nome do vilarejo Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch
4.000 anos tem a árvore mais velha do país, um teixo no quintal da igreja St. Digain
40 galeses fazem parte do Parlamento Britânico
23% da população está abaixo da linha da pobreza

FONTES Sites Wales, BBC, Historic UK e Wales Online

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!