Logo ME

Museu no Rio ganha tela pintada por um robô

YuMi contou com a ajuda de artista plástico brasileiro

Na última segunda (6), o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, recebeu uma nova obra para seu acervo: uma pintura feita pelo artista plástico Caio Chacal em parceria com o robô YuMi. Os dois trabalharam durante um evento comemorativo da ABB, empresa que desenvolve produtos nas áreas de energia e automação.

(ABB/Divulgação)

Lançado em uma feira de tecnologia na Alemanha em 2015, o YuMi é um robô colaborativo. Diferentemente dos outros robôs industriais, esse tipo de máquina oferece menos riscos e foi criada para trabalhar junto aos humanos. No vídeo abaixo, é possível vê-lo em ação.

Ok, o YuMi (ainda) não é nenhum Picasso, mas a parceira com Caio Chacal tem uma explicação. Segundo comunicado da ABB, a colaboração serviu para demonstrar que “a interação entre máquinas inteligentes e humanos não é mais uma projeção para o futuro”. Já imaginou poder contar, daqui a alguns anos, com a ajuda de um robô para fazer as tarefas da escola?