Logo ME

Como se define o valor de um jogador de futebol?

O salário do jogador é composto de vários elementos.

MUNDOESTRANHO-136-42-620

PÉ-DE-MEIA

Além do valor mensal, registrado em carteira, os craques ainda recebem um bônus chamado de luvas. Ele pode ser pago de uma vez ou em parcelas. Entram nessa conta ainda os direitos de imagem, remuneração que recebem por aparecer na mídia com a camisa do clube.

FORA DE CAMPO

Jogador bem valorizado também tem que gerar dinheiro longe dos estádios. Na hora de contratar, clubes e consultorias esportivas levam em conta o retorno que ele pode trazer em ações de marketing: quanto mais simpático, articulado, querido pela torcida e cobiçado por patrocinadores pessoais, melhor.

NOVELA VALIOSA

As negociações têm alguns personagens centrais. O clube é representado por um diretor. Quem faz a ponte entre time e jogador é o empresário, que atende vários profissionais, de atletas a técnicos. Há também os agentes, dedicados a cuidar da carreira do craque de modo mais amplo, negociando também com os patrocinadores e a mídia.

COMPRE-ME SE PUDER

O preço de um jogador é o valor da multa de rescisão (quebra) de seu contrato com o clube. Ou seja, para comprar um atleta de outro time, o clube interessado, ou o próprio atleta, precisa pagar a multa. Dependendo da transação, esse valor pode ser negociado – e até aumentado para impedir que o jogador assine com clubes europeus ou de rivais diretos.

DENTRO DE CAMPO

Os critérios para avaliar o valor de um atleta podem ser bem objetivos: idade, gols marcados, qualidades nos fundamentos (passe, cabeceio), técnica (controle de bola, drible), condicionamento físico e histórico de contusões. Caraterísticas subjetivas, como liderança, temperamento e vigor, também são avaliadas.

CARREIRA CURTA

Quanto mais velho o jogador, menor seu valor de transferência e maior o risco de quem o contrata. Por isso, quem já passou dos 30 tem, geralmente, várias cláusulas extras no acordo. O salário pode ser condicionado à participação do veterano em um número mínimo de jogos por ano.

TRANSFERÊNCIAS

Tipos mais comuns de transações entre clubes.

VENDA – Quando a multa da rescisão de contrato do jogador é paga ou negociada com o clube atual. O atleta faz acordo com um novo clube e uma nova multa é estipulada. Se o jogador cumpre o contrato até o fim, pode sair sem pagar a multa.

EMPRÉSTIMO – O jogador mantém contrato com o clube, mas joga por outra agremiação. Faz-se um acordo com a nova casa para decidir quem remunera o atleta. Em muitos casos, os times dividem o gasto.

 

LEIA MAIS

– Como se tornar um jogador de futebol

– Por que os times de futebol tem 11 jogadores?

 

Curiosidades:

– O valor de mercado dos jogadores é avaliado pelo departamento de futebol de cada clube, que pode terceirizar a tarefa para empresas especializadas;

– O pico de valorização e o auge da carreira se dão entre 28 e 29 anos. Depois disso, o jogador se desvaloriza até a multa de rescisão zerar;

– Entre os patrocínios individuais dos jogadores, o mais comum é o de chuteiras. Jogadores sem esse patrocínio costumam pintar o calçado para esconder a marca;

– Segundo dados da CBF, 82% dos futebolistas brasileiros ganham, no máximo, dois salários mínimos.

CONSULTORIA: Fernando Ferreira, diretor da Pluri Consultoria, José Carlos Brunoro, diretor do Palmeiras (SP), e wyscout.com.

FONTE: Jornal Extra.