Logo ME

Qual foi a primeira cidade a ter 1 milhão de habitantes?

Segundo a maior parte dos historiadores, foi Roma, na Itália, cerca de 2 500 anos atrás. Eles divergem sobre a data exata, mas afirmam que Roma alcançou a marca de 1 milhão de moradores durante a República, período que durou de 509 a.C. a 27 a.C. O recorde “milionário” da cidade italiana até é contestado por alguns especialistas – há quem credite a façanha a Alexandria, no Egito, ou ainda a Bagdá, no Iraque -, mas a maioria dos historiadores fica mesmo com a antiga capital do Império Romano, que manteve a condição de maior cidade do mundo até o século 19. Com a Revolução Industrial e a urbanização, surgiram outros grandes centros que acabaram desbancando Roma desse posto – hoje, as cinco maiores regiões metropolitanas são Tóquio, Cidade do México, Nova York, Mumbai (na Índia) e São Paulo. Cidades com mais de 1 milhão de habitantes só se tornaram comuns mesmo no século 20. De acordo com um levantamento da Organização das Nações Unidas (ONU), em 1950, havia apenas cem cidades com mais de 1 milhão de habitantes. Hoje, já são cerca de 300 e, de acordo com uma projeção da ONU, em 2025 existirão no planeta 527 cidades acima dessa marca milionária! Aqui no Brasil, segundo o IBGE, 13 municípios já ultrapassaram a barreira de 1 milhão de pessoas: além de São Paulo (com mais de 10 milhões), Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador, Forta-leza, Manaus, Brasília, Curitiba, Belém, Goiânia e Guarulhos – na Grande São Paulo.