Logo ME

O que acontece em uma cerimônia de coroação?

A mais tradicional é a da Inglaterra, igual há centenas de anos. O novo rei ou rainha é nomeado logo após a morte do último, mas só é coroado após alguns meses

CoroaçãoIlustração: Caroline Gariba

1. A mais rica e tradicional é a da Inglaterra, que permanece igual há centenas de anos. O novo rei ou rainha é nomeado logo após a morte do último, mas só é coroado após alguns meses – o país tem um período de luto. No dia da coroação, o futuro monarca sai do palácio de Buckingham e vai até a Abadia de Westminster em uma carruagem folheada a ouro

2. Quando chega à Abadia, o novo regente entra pela porta oeste, sendo recebido com um hino pelos participantes da cerimônia – famílias reais de outros países, clero, grandes chefes de Estado, políticos etc. Então caminha até o teatro, passando pelo coral e chegando ao trono. Ele se ajoelha, fazendo uma breve oração antes de se sentar

3. O arcebispo da Cantuária, posto mais alto da Igreja Anglicana, comanda a cerimônia. Ele começa o discurso que reconhece o rei oficialmente. As pessoas presentes abençoam o monarca dizendo: “God save the king/queen” (“Deus salve o rei/rainha”). Em seguida, o monarca inicia um juramento, com a mão em cima da Bíblia, prometendo honrar e ser fiel ao povo, à justiça, às leis e à Igreja

4. O momento mais solene: a unção. O rei senta-se num trono de frente para o altar, enquanto quatro cavaleiros o escondem do público com um pano. O arcebispo passa óleo sagrado em suas mãos, peito e cabeça. Essa consagração é o que garante que o rei está apto a cumprir sua função de soberano

5. O rei é vestido com um manto dourado e apresentado às joias da coroa (veja ao lado o que elas representam). Primeiro as esporas, seguidas pela espada, pelos braceletes, pelo orbe e por um anel na mão direita. O rei ganha um por vez e coloca tudo no altar. Enfim, recebe o cetro com a cruz na mão direita e a haste com a pomba na esquerda

6. O arcebispo finalmente coloca a Coroa St. Edward’s sobre o soberano, enquanto este segura o cetro e a haste. O público entoa novamente “Deus salve o rei”. O monarca é benzido uma última vez pelo arcebispo, oficializando sua nova posição. Ele então se senta no trono e os oficiais posicionam-se ao redor dele, segurando as joias da coroa

7. Após a coroação, começam as homenagens prestadas pelos convidados. A primeira pessoa a felicitar o novo governante supremo da Igreja Anglicana é o arcebispo, que beija a sua mão direita. Depois, os outros dignatários vão pessoalmente oferecer honrarias e respeito ao mais recente rei da Inglaterra

8. Uma série de ritos religiosos é realizada e o rei oferece pão e vinho ao altar para a execução da santa comunhão. Depois, se retira para uma capela para trocar o robe dourado por um roxo. Ele também troca a Coroa St. Edward’s, conhecida por ser pesada e desajeitada, por uma mais leve, a Coroa do Estado Imperial. Carregando o cetro e o orbe, ele deixa a Abadia e o hino nacional toca

Curiosidade: Em outras monarquias da Europa, como Holanda e Bélgica, há cerimônias mais simples

PERGUNTA Anna Carolina, Suzano, SP

FONTES BBC, Oremus.org, Royal.gov.uk, Westminster-abbey.org e Encyclopedia.com