Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Como é feita uma novela?

O passo inicial é escolher um roteiro brilhante. Depois que a história é definida, começa uma verdadeira torre de babel: primeiro, com a pré-produção de cenários e figurino; depois, com a escolha do astro, das celebridades e top models que vão compor o elenco; finalmente, com o início das gravações e a edição de cada […]

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h19 - Publicado em 18 abr 2011, 18h49

O passo inicial é escolher um roteiro brilhante. Depois que a história é definida, começa uma verdadeira torre de babel: primeiro, com a pré-produção de cenários e figurino; depois, com a escolha do astro, das celebridades e top models que vão compor o elenco; finalmente, com o início das gravações e a edição de cada capítulo. Essas são as etapas principais, mas a novela pode ganhar vida nova durante a exibição: para levantar o ibope, uma história de amor passa por cambalachos e metamorfoses, pois nesse tipo de produção a audiência é a senhora do destino. No Brasil, a escalada desse gênero televisivo começou com a pioneira Sua Vida me Pertence, exibida pela TV Tupi em 1951. Foram apenas 20 capítulos, com 15 minutos em média, exibidos duas vezes por semana sempre ao vivo. Depois que a Tupi encontrou o mapa da mina, outras emissoras começaram a investir nas novelas na esperança de conquistar público. A Excelsior, por exemplo, marcou época em 1963 com 2-5499 Ocupado, a primeira novela diária da TV. A Bandeirantes, por sua vez, conseguiu um certo rebu em 1967 com Os Miseráveis, a primeira a ocupar uma hora de programação. Mas o pulo do gato veio com a TV Globo, que se entregou de corpo e alma às novelas, transformando-as na menina dos olhos de sua programação. A que deu o maior ti-ti-ti foi Selva de Pedra, que em 1972 chegou a 100% de audiência em alguns capítulos. Para segurar a liderança, o canal do plim-plim dá às suas novelas tratamento de superprodução hollywoodiana. “Para se ter uma idéia, a pré-produção começa um ano antes de ela ir ao ar”, afirma Luís Erlanger, diretor da Central Globo de Comunicação. A infra-estrutura também é outro esplendor: em 1995, a emissora inaugurou o Projac, um complexo de 600 mil metros quadrados com dez estúdios acusticamente tratados, um sistema de iluminação de ponta, uma fábrica de cenários, um acervo com 40 mil figurinos e 37 mil peças cenográficas. Vale tudo para ter um final feliz!

MUNDO ESTRANHO Produções Apresenta
Era uma vez…
Um romance à moda antiga- mas, se não der audiência, a genteexplode tudo e muda a trama!
Cíntia Cristina da Silva

1. Uma novela começa a nascer com as sugestões de roteiros. Na TV Globo, os autores da casa propõem várias sinopses de histórias e a direção artística escolhe a mais legal para o horário. As novelas das 6 e das 7 têm público mais jovem, enquanto as das 8 têm tramas mais adultas

2. Com o roteiro aprovado, a cúpula artística da emissora define o diretor que tem mais afinidade com a história. Depois, o autor e o diretor fazem testes para selecionar o elenco. O escritor prepara os primeiros capítulos da trama especialmente para escolha dos papéis

3. Em seguida, começa a fase de pré produção, que envolve até 150 pessoas e inclui várias etapas: pesquisa de figurino, busca de locações para filmagens externas e, claro, a construção dos cenários. Na Globo, isso é feito na fábrica do Projac

4. Enquanto rola a pré produção, o elenco da novela mergulha na caracterização dos personagens. Se o ator vai representar um bonitão rico que vem da França, por exemplo, ele precisa falar com sotaque, treinando com um professor de línguas contratado pela emissora

Continua após a publicidade

5. Algumas semanas antes do início das gravações, os atores recebem os textos com as cenas dos 20 primeiros capítulos para ensaiar em casa ou no estúdio. Depois, quando a história esquenta ou o autor demora para escrever, o texto pode ser entregue até na véspera da filmagem

6. Depois do ensaio, é hora do luzes, câmera, ação! Em média, um capítulo leva um dia para ser filmado e as cenas não são gravadas na seqüência. Para agilizar o processo, a gravação é simultânea: um diretor filma o casal principal, por exemplo, enquanto outras equipes gravam externas e outras partes da trama

7. Depois da filmagem, entra em cena a chamada pós-produção. Nos estúdios de edição, uma equipe corta e organiza as cenas, insere efeitos especiais e a trilha sonora. Normalmente, esse processo não demora mais que um dia

8. Mesmo com uma trama definida, é comum que a história mude durante o andamento da novela. Dependendo da audiência, o autor pode dar mais destaque a um personagem secundário ou limar personagens pouco carismáticos

9. Depois de 200 capítulos e seis a oito meses no ar, é hora do fim! Na Globo, uma novela não sai por menos de 2,5 milhões de reais, mas o retorno em publicidade compensa (e muito) o investimento. E todos vivem felizes para sempre!

Continua após a publicidade
Publicidade