Clique e assine a partir de 8,90/mês

Como são fabricados os pneus?

Por Marina Bessa - Atualizado em 4 jul 2018, 20h10 - Publicado em 18 abr 2011, 18h49
pneu-furado-carro-estrada-amigos-viagem

O senso comum diria que basta pegar uma borracha e prensá-la de acordo com o tamanho de roda que a gente quer, certo?

Hoje em dia, a coisa é mais complicada. Primeiro, porque um pneu moderno leva um tipo especial de borracha – uma mistura de borracha natural, borracha sintética e o chamado “negro de fumo”, um derivado do petróleo usado para deixar a mistura bem resistente. Segundo, porque a lista de ingredientes do pneu inclui camadas de poliéster, náilon e até aço.

Juntando essas substâncias com a borracha especial, os fabricantes conseguem produzir seis componentes diferentes, que serão usados para compor cada uma das partes do pneu (veja quais são e para que servem abaixo). Cada uma dessas partes é fabricada separadamente. Para juntar tudo, as indústrias usam tambores e prensas – o resultado desse processo é um barrilzinho de borracha, que os técnicos chamam de “pneu verde”. Para “amadurecer” e virar um pneu de verdade, ele ainda precisa passar pela chamada vulcanização.

Nessa última fase, a peça é prensada novamente, dessa vez a uma temperatura superior a 200 ºC. Aí sim, Xuxa, o pneu é moldado conforme o gosto do freguês. E olha que não faltam opções: só para dar uma idéia, apenas em uma grande fábrica na região do ABC paulista são fabricados mais de 300 modelos de pneu!

Reinventando a roda Modelos comuns são compostos por seis partes diferentes

PAREDE LATERAL

Feitas de borracha, elas são o elemento de ligação entre a roda do carro e a parte do pneu que encosta na estrada

LONA DE CORPO

É a camada que faz o pneu suportar o peso da carroceria do carro. Para agüentar o tranco, ela é feita de uma mistura elástica, com borracha, poliéster e náilon

Continua após a publicidade

LONA ESTABILIZADORA

Como o próprio nome indica, essa camada ajuda a dar estabilidade ao pneu. Ela leva pequenas placas de fios de aço, cortadas em ângulos específicos para evitar derrapadas

CAPA DE RODAGEM

É a parte do pneu que entra em contato com o solo. Formada por três tipos de borracha com diferentes composições, a capa de rodagem garante a tração do carro e a durabilidade do pneu

TALÕES

São aros de aço envolvidos por uma camada de borracha. É a parte do pneu que entra em contato com a roda do carro

ESTANQUE

É a parte interna do pneu. Formada por várias camadas de borracha, ela impede a saída do ar e a perda de pressão do pneu, dispensando as antigas câmaras

Continua após a publicidade
Publicidade