Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Como se tornar um especialista em efeitos especiais?

Por Helena Arnoni Atualizado em 4 jul 2018, 20h10 - Publicado em 18 abr 2011, 18h48
165437467

Você pode causar impacto no meio artístico sem ser um grande astro. Basta manjar tudo sobre efeitos especiais. Aqui no Brasil, a atuação mais comum não é na TV nem no cinema, mas em eventos espalhados pelo país, como shows, desfiles de escola de samba e de moda e apresentações pirotécnicas. Gostou do trampo? Então veja como fazer sua carreira explodir nesse ramo.

FORMAÇÃO

Graduação e pós-graduação

Não há exigência de cursos superiores, embora engenheiros, arquitetos, especialistas em eletrônica e computação tenham a formação mais indicada para trabalhar na área

Outros cursos

No Brasil, a Cadritech (www.cadritech.com.br) ensina efeitos especiais na área digital e tem sedes em São Paulo e Curitiba

O que se aprende

Conceitos sobre vídeo digital, sobreposição de imagens e criação de efeitos

TRABALHO

Área de atuação

Os profissionais da área trabalham em empresas especializadas em efeitos, em organização de eventos, emissoras de televisão, peças de teatro e filmes

Continua após a publicidade

Dia-a-dia

Quando a equipe técnica não está em ação num evento, passa o dia no escritório ou em depósitos onde ficam os materiais utilizados. A parte burocrática da coisa é ter de produzir relatórios e análises técnicas dos efeitos especiais a serem feitos

Situação do mercado

O mercado é amplo, principalmente na área de eventos, onde há grande procura por ações de impacto com uso de efeitos

O que vale mais a pena

“Vivemos em um mundo mágico”, diz o produtor de efeitos Henrique Passos. A magia está nas várias viagens que quebram a rotina e no trabalho extremamente criativo, em que sempre há uma busca por novidades técnicas

Por que pensar duas vezes

O lado ruim das viagens regulares é a distância da família. O turno de trabalho também pesa para alguns, pois inclui jornadas noturnas com freqüência

REMUNERAÇÃO

Salário inicial

Um técnico iniciante ganha em torno de 900 reais, mais 150 reais de diária em eventos — em média, uns dez por mês

Salário possível após dez anos

Um produtor de efeitos especiais ganha um fixo de cerca de 1 500 reais e mais 250 reais de cachê por dia trabalhado — em média, 20 dias por mês

Continua após a publicidade

Publicidade