Clique e assine a partir de 8,90/mês

De onde vêm os termos “fulano”, “beltrano” e “sicrano”?

A MUNDO ESTRANHO explica como incorporamos estes termos em nossa língua.

Por Bruno Lazaretti - Atualizado em 4 jul 2018, 20h09 - Publicado em 28 fev 2011, 10h01

Pergunta – Helton John Sousa de Oliveira, São Paulo, SP

Cada um tem uma origem diferente! “Fulano” vem do árabe fulân, que significa “tal”. Com o domínio árabe sobre a península Ibérica durante a Idade Média, a língua influenciou os vocabulários espanhol e português. Por volta do século 13, os espanhóis usavam “fulano” como pronome: fulana casa (tal casa), fulano sujeito (tal sujeito). No português, “fulano” virou substantivo, e até derivou para a forma “fuão” em Portugal. “Beltrano” vem do nome próprio Beltrão, ou Beltrand, de origem francesa, que se popularizou graças às novelas de cavalaria da era medieval. O nome acabou levando a terminação “ano” influenciada pelo “fulano”, que a essa época já estava na boca do povo. A origem de “sicrano” é mais difícil de precisar. O termo surgiu quando fulano e beltrano já estavam consolidados na língua portuguesa. Há três hipóteses para a origem: “sicra” pode tanto se tratar de um derivado da palavra securu, do latim, do desfiguramento de um nome próprio ou ainda de uma mistura de zutano e citano – equivalentes a “fulano” e “beltrano” em espanhol.

Publicidade