Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Grandes invenções que nasceram de burradas incríveis

Conheça 46 casos inacreditáveis de pisadas na bola

Por Tiago Cordeiro Atualizado em 4 jul 2018, 20h28 - Publicado em 24 mar 2016, 12h09

burradas8

ILUSTRARômolo

Acredite: mesmo os maiores líderes militares, cientistas e artistas do mundo já cometeram presepadas vergonhosas. Conheça 46 casos inacreditáveis de pisadas na bola

LEIA TAMBÉM

– Burradas de líderes políticos

– Burradas militares

– Burradas da geografia e da engenharia

– Burradas nas artes e na ciência

– Burradas da saúde

– Burradas que deram certo

FINAL FELIZ!

Por outro lado, algumas tosquices abriram caminho para grandes invenções. Afinal, a ciência é composta de tentativa e erro

Continua após a publicidade

O bilhar bilionário

Nas horas vagas, o inventor John W. Hyatt passava horas em sua oficina em Chicago. Em 1865, estimulado por um prêmio oferecido ao criador de um produto capaz de substituir o marfim nas bolas de bilhar, ele começou a testar todo tipo de mistura. Até que, em 1869, por acidente, criou o celuloide, o primeiro plástico de uso comercial. Não ganhou o concurso, mas ficou rico com o invento

Talheres de ponta

Em 1913, o metalúrgico britânico Harry Brearly queria desenvolver um novo tipo de cano de arma. Ele bolou um material que parecia perfeito, e começou a testar com todo tipo de corrosivo. Não conseguiu vender o aço inox para a indústria armamentista, mas, ao ver que limão não o corroía, percebeu que ele seria muito útil na fabricação de talheres

Lembra dela?

Na 2ª Guerra, o engenheiro naval norte-americano Richard T. James tentava criar um suporte para equipamentos especialmente sensíveis de navios. De repente, uma das peças de metal caiu sobre uma prateleira e continuou se movimentando. Sem querer, James inventou um brinquedo novo, batizado por sua mulher de Slinky. No Brasil, ele ficou conhecido como mola maluca

Um choque no coração

Em 1956, o inventor norte-americano Wilson Greatbatch desenvolvia um aparelho para registrar batimentos cardíacos quando colocou um componente errado e percebeu que, em vez de captar dados, o equipamento mandava sinais elétricos. Com isso, Greatbatch criou o marcapasso, aparelho que corrige a falta de impulsos ao, justamente, emitir sinais elétricos quando o coração perde o ritmo

UMA ÚLTIMA CURIOSIDADE

– Tentando bolar um novo tipo de supercola em 1970, Spencer Silver errou a mão e criou uma cola bem mais fraca. Usou-a para inventar o post-it

FONTES Livros 100 Mistakes that Changed History, de Bill Fawcett, Dumb History: The Stupidest Mistakes Ever Made, de Joey Greene, As Piores Invenções da História, de Eric Chaline, e The Greatest Stories Never Told, de Rick Beyer

Continua após a publicidade

Publicidade
História, Mundo Estranho
Grandes invenções que nasceram de burradas incríveis
Conheça 46 casos inacreditáveis de pisadas na bola

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade