Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Infográfico: como é um arco e flecha olímpico?

Na Olimpíada, o único tipo de arco permitido é o recurvo, que tem três partes: empunhadura, lâminas e corda

Por Diego Meneghetti Atualizado em 4 jul 2018, 20h24 - Publicado em 7 abr 2016, 17h45

ILUSTRAS: Evandro Bertol

Na Olimpíada, o único tipo de arco permitido é o recurvo, que tem três partes: empunhadura, lâminas e corda. Ele tem esse nome por causa da ponta das lâminas, que são curvadas no sentido oposto ao dobramento normal do arco. Isso armazena mais energia e torna o tiro mais eficaz, principalmente com o uso de acessórios como a mira e o estabilizador. A tecnologia envolvida tem uma herança secular: muito antes de ser usado no esporte, o arco e a flecha foram importantes ferramentas de caça, remontando à Pré-História, e também armas de combate usadas em muitas guerras, aposentadas só nos tempos modernos. Como esporte, o tiro com arco surgiu em meados do século 16, com torneios na Inglaterra. Ele foi incluído em 1900 na Olimpíada de Paris. Nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio de Janeiro, haverá provas individuais e por equipe, para homens e mulheres.

1) PROTEÇÕES

Há uma no peito e outra no braço. São projetadas para que a corda não machuque o arqueiro no momento do tiro

2) DEDEIRA

É uma peça curva que o arqueiro coloca nos dedos para segurar e puxar a corda – para atirar a flecha, ele apenas afrouxa os dedos

3) CORDA

Feita de fibras sintéticas de alta tecnologia, chega a ser mais forte que o aço. Isso é importante para que a puxada do arqueiro gere a tensão necessária nas lâminas. O comprimento varia com o tamanho do arco: se a corda for muito curta, a puxada será pequena; se for mais longa que o necessário, a tensão não será suficiente para atirar a flecha

4) LÂMINAS

São as partes que unem a empunhadura à corda. Elas armazenam a energia e impulsionam a flecha – como têm a ponta curvada, essas lâminas geram mais pressão que um arco comum. Podem ser fabricadas com uma combinação de materiais como madeira, fibra de vidro e fibra de carbono

5) MIRA

Tem forma de L e fica acima da flecha. Ela serve como referência, pois nem sempre o arqueiro alinha o centro da mira com o alvo (devido ao vento, por exemplo)

6) ESTABILIZADOR

É composto de hastes de carbono com tamanho e peso diferentes, que ajudam no equilíbrio do arqueiro e pendem o arco para frente após o tiro

7) EMPUNHADURA

Feita de material sintético, com fibra de carbono e espuma, é onde o arqueiro segura o equipamento e posiciona a flecha. É a parte central e mais sofisticada do arco. Há muitos moldes de punho, que variam de tamanho e forma, de acordo com a estatura do arqueiro

arco-flecha2

O clicker é uma pecinha de metal que serve para avisar o arqueiro que a puxada da flecha chegou à extensão completa e é momento de atirar

O rest (8)fica preso no punho e serve para acomodar a flecha durante a puxada do arqueiro

O button (9)é um tipo de pino com mola. Evita que a flecha raspe no arco, o que reduz o atrito e aumenta a precisão

FLECHA

arco-flecha3

Continua após a publicidade

1) O nock serve para encaixar a flecha na corda

2) As penas são feitas de plástico e estabilizam o voo, que pode ultrapassar 240 km/h

3) O corpo é feito de carbono, com alumínio no interior, e a espessura tem entre 5,5 e 9,2 mm

4) A ponta é uma peça única, fabricada com aço ou tungstênio

PONTUAÇÃO

arco-flecha5

São dez círculos concêntricos, numerados de 1 a 10: quanto mais próximo do centro, maior a pontuação. Se a flecha acertar a linha entre círculos, vale o ponto mais alto

O GRANDE MOMENTO

arco-flecha4

1. PREPARAR

Com respiração suave, o atleta coloca a flecha no rest, estica o braço que segura o arco e puxa a corda com o outro braço até próximo do seu queixo

2. APONTAR

O braço que tensiona a corda fica paralelo à flecha. É preciso equilíbrio para manter o arco estável. A mira é feita levando em consideração o arrasto do ar e a distância do alvo

3. ATIRAR

Quando o arqueiro ouve o clicker, é o momento de disparar. Os dedos se abrem e a mão relaxa, soltando a corda. O arco pende para a frente e, segundos depois, a flecha chega ao alvo

FONTES Sites Confederação Brasileira de Tiro com Arco, Federação Internacional de Tiro com Arco, olympic.org, brasil2016.gov.br e rio2016.com

LEIA MAIS

Como se joga críquete?

Quais são os esportes mais bizarros do mundo?

Como se tornar um jogador de futebol?

Continua após a publicidade

Publicidade