Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Para que serve o hímen?

O hímen não tem nenhuma função conhecida para o organismo da mulher. Na verdade, ele não é sequer uma boa forma de demonstrar a virgindade, pois pode ser rompido de diversas formas: praticando atividades físicas, andando de bicicleta ou a cavalo, usando absorvente do tipo OB, durante a masturbação ou mesmo sem nenhum motivo evidente. […]

Por Redação Mundo Estranho Atualizado em 4 jul 2018, 20h21 - Publicado em 18 abr 2011, 18h51

O hímen não tem nenhuma função conhecida para o organismo da mulher. Na verdade, ele não é sequer uma boa forma de demonstrar a virgindade, pois pode ser rompido de diversas formas: praticando atividades físicas, andando de bicicleta ou a cavalo, usando absorvente do tipo OB, durante a masturbação ou mesmo sem nenhum motivo evidente. Além disso, a maioria das mulheres tem o chamado hímen complacente, com formato de anel e muito elástico, que praticamente não atrapalha a penetração – ou seja, é um péssimo indicador de virgindade. Existem ainda outros tipos, mais raros, como o chamado hímen imperfurado, que não possui aberturas e precisa ser removido cirurgicamente porque retém a menstruação.

A quantidade de vasos sanguíneos que irrigam o hímen também varia muito, por isso nem toda mulher sangra quando ele se rompe. O curioso é que essa membrana inútil surge ainda no início do desenvolvimento do embrião do sexo feminino. Nessa fase, a vagina ainda está fechada e não possui uma abertura externa. O resquício dessa tampa vaginal embrionária é que forma o hímen, a famosa membrana da mulher cujo nome remete a Himeneu, o deus grego dos casamentos.

Publicidade