Clique e assine a partir de 8,90/mês

Por que a vaca e o boi estão sempre mastigando?

Por Redação Mundo Estranho - Atualizado em 4 jul 2018, 20h15 - Publicado em 18 abr 2011, 18h57

Porque são animais ruminantes, que fazem a digestão em dois tempos. “No primeiro momento, ainda no pasto, eles engolem o capim quase sem mastigar. Depois, em repouso, regurgitam o alimento em pequenas porções de volta à boca e fazem uma remastigação, para, em seguida, degluti-lo definitivamente”, afirma o zootecnista Fábio Prudêncio de Campos, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), da USP, em Piracicaba. Uma das explicações para esse comportamento é instintiva: em campo aberto, o animal estaria mais vulnerável ao ataque de predadores e, por isso, tem que comer rapidamente. Somente quando vai para um lugar mais seguro é que ele termina de digerir o alimento. Na primeira fase da digestão, o capim segue direto para o rúmen, como é chamado o maior compartimento do estômago bovino. Lá, é quebrado para produzir aminoácidos e vitaminas.

Na segunda etapa, o alimento volta à boca, graças a movimentos de contração do rúmen e do retículo, cavidade que ajuda a empurrar o alimento para fora. O animal, então, mastiga como se mascasse um chiclete. Depois, o capim retorna ao rúmen, é fermentado e passa por outros dois compartimentos: o omaso, onde o excesso de líquido é absorvido, e, por fim, o abomaso, onde ocorre a digestão química do alimento.

Publicidade