Clique e assine a partir de 8,90/mês

Por que as orelhas das pessoas “ficam quentes” de repente?

Sinal pode ser uma resposta do organismo a situações de nervosismo

Por Luís Joly - Atualizado em 14 fev 2020, 17h54 - Publicado em 5 nov 2008, 17h32

As orelhas “ficam quentes”, ou melhor, vermelhas, porque têm uma grande rede circulatória e uma pele bem fina, o que deixa mais visível o sangue que passa por lá. Por isso, basta a pessoa ter uma vasodilatação – o aumento da espessura dos vasos sanguíneos – para a coisa “esquentar”. Às vezes o processo de vasodilatação é só local, como quando a orelha precisa de mais nutrientes e oxigênio do sangue ao ser pressionada pelo telefone por muito tempo. Mas a vasodilatação também pode ser no corpo todo. Ela é, por exemplo, uma resposta do organismo a situações de nervosismo.

No entanto, esse gás na circulação só é visível em alguns pontos do corpo. Aí, já viu: se a pessoa fica nervosa, sobra para as orelhas. Outra curiosidade é que as famosas pílulas para problemas de ereção também aumentam a vasodilatação. O sujeito que precisou do Viagra agradece, mas fica com orelhas vermelhas como “efeito colateral”…

Leia também:

– As orelhas dos BeBês são realmente desproporcionais?

Continua após a publicidade

– Como funciona a acupuntura?

– Quanto custa o corpo humano?

Publicidade