Clique e assine a partir de 5,90/mês

Por que “pepino” e “abacaxi” são gírias para “problema”?

Porque abacaxi é difícil de descascar e pepino é difícil de digerir. Antigamente os dois vegetais eram famosos por essas características.

Por Felipe B. Cruz - Atualizado em 4 jul 2018, 20h12 - Publicado em 9 set 2015, 14h32

Ilustra: Mayra Fernandes

Porque abacaxi é difícil de descascar e pepino é difícil de digerir. Hoje em dia, esses problemas são facilmente contornáveis, mas antigamente os dois vegetais eram famosos por essas características. De acordo com Celso Ferrarezi Junior, pós-doutor em semântica e professor da Unifal (MG), falar essas palavras para se referir a “problema” é usar metáforas, ou seja, comparações que fazemos por analogia. “Uma analogia se dá pelo cruzamento de elementos em campos culturais diferentes. ‘Problema’ é uma palavra genérica. Então procuramos exemplos para ilustrá-la. Quando você diz que tem um abacaxi ou um pepino, é possível dar uma dimensão específica à questão”, explica o especialista. Só que toda analogia está ligada a um contexto histórico – que, no caso de pepino e abacaxi, já está ultrapassado. Por isso, cada geração cria suas próprias metáforas. Um exemplo atual para “problema”? “O forninho caiu.”

TdF sugeriu João Pedro Magnani

Publicidade