Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Qual o instrumento musical mais antigo já encontrado?

Por Marcelo Testoni Atualizado em 4 jul 2018, 20h22 - Publicado em 10 ago 2015, 15h30
Flauta

Pergunta do leitor – Eduardo Reeve, Niterói, RJ

Foi a flauta. De 1995 para cá, escavações arqueológicas em cavernas e cordilheiras da Europa e do Sudeste Asiático desenterraram cerca de 30 exemplares feitos de tíbia de abutre, fêmur de urso e marfim de mamute. Datados do período Paleo-lítico Superior, os achados têm entre 43 mil e 82 mil anos de idade, fortalecendo a teoria de que os primeiros seres humanos modernos tocavam flauta para interagir socialmente ou em rituais religiosos. Por coincidência, os cientistas descobriram até uma escala musical. Ela foi calculada a partir da disposição entre os orifícios das flautas. Confira abaixo os quatro instrumentos mais antigos.

Orquestra milenar

A música ajudou o Homo sapiens a desenvolver sua cultura

FLAUTA

Idade – Entre 43 mil e 82 mil anos

Na Babilônia e na Suméria, galhos ocos eram utilizados por feiticeiros para invocar deuses e controlar a natureza. Hieróglifos do período pré-dinástico do Egito mostram que a fabricação com ossos foi substituída por bronze e difundida pelo mundo árabe por meio de caravanas de artistas que se apresentavam em palácios

Apito

Idade – Entre 20 mil e 30 mil anos

Servia para comunicar a localização entre as tribos pré-históricas: batedores de uma aldeia emitiam um assobio para anunciar a sua presença, para que outros grupos os reconhecessem. Povos indígenas que viveram na América do Sul entre 9 e 7 mil anos atrás possuíam apitos que imitavam o canto de pássaros

Continua após a publicidade

Harpa

Idade – Entre 3.000 e 3.500 anos

Vários desses instrumentos foram achados em fossos e tumbas reais na cidade de Ur, na Mesopotâmia. Sua fama, porém, se deu na Pérsia e na Grécia antiga, sendo o modelo arqueado e de ouro o mais cobiçado. Virou um dos símbolos do cristianismo incorporado à imagem de santos e querubins

Tambor

Idade – Entre 4.350 e 7.500 anos

As primeiras batucadas soaram na China do período Neolítico e vinham de pandeiros encapados com pele de jacaré e de troncos de árvore escavados como barris. Da Ásia, ganharam a Europa e a África por meio das guerras. Eram tocados para anunciar o nascimento de heróis e encorajar os exércitos

Fontes: Revistas SUPERINTERESSANTE e NATIONAL GEOGRAPHIC e sites Terra, BBC, O Estado de S. Paulo, InfoEscola e UOL

Veja também:

+Como se compõe uma sinfonia?

+ Quem inventou a guitarra elétrica?

+ Como surgiu o berimbau?

+ Quais instrumentos compõe uma orquestra?

Continua após a publicidade

Publicidade
Cultura, Mundo Estranho
Qual o instrumento musical mais antigo já encontrado?
Pergunta do leitor – Eduardo Reeve, Niterói, RJ Foi a flauta. De 1995 para cá, escavações arqueológicas em cavernas e cordilheiras da Europa e do Sudeste Asiático desenterraram cerca de 30 exemplares feitos de tíbia de abutre, fêmur de urso e marfim de mamute. Datados do período Paleo-lítico Superior, os achados têm entre 43 mil […]

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade