Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Teoria da Conspiração: Quem causou o atentado na Maratona de Boston?

Dois irmãos foram responsabilizados pelas bombas que explodiram nesse evento, em 15 de abril de 2013. Mas nem todos acreditam nessa explicação...

Por Diego Meneghetti Atualizado em 4 jul 2018, 20h27 - Publicado em 31 mar 2016, 13h07

ILUSTRAS Felipe Watanabe

Dois irmãos foram responsabilizados pelas bombas que explodiram nesse evento, em 15 de abril de 2013. Mas nem todos acreditam nessa explicação…

0 - abre

1) Acima de qualquer suspeita

Fotos de momentos antes e depois das explosões mostram pelo menos cinco homens uniformizados, carregando mochilas semelhantes àquelas atribuídas aos autores do atentado. Além do visual suspeito, que parece traje militar, alguns carregavam um tipo de aparelho detector, algo inusitado para a ocasião. Nenhum deles, porém, foi investigado pela polícia

1 - 5 homens de uniforme

2) Quem manda já morreu

Acredita-se que eles sejam da Craft International, companhia privada de segurança que presta serviços para o governo. O atentado seria uma forma de estimular a “guerra ao terror”, garantindo mais contratos à empresa. Também poderia ser uma retaliação ao assassinato do fundador da Craft, Chris Kyle, ocorrido dois meses antes – uma suposta queima de arquivo

3 - falso heroi

3) Falso herói

Fotos do salvamento de Jeff Bauman, um dos feridos que se tornou ícone dos sobreviventes, também gerou controvérsias. Jeff aparece sendo carregado, consciente e corado, numa cadeira de rodas limpinha, sem deixar rastros de sangue. Tudo isso não faz sentido para quem teria perdido as duas pernas durante uma explosão violenta. Outro argumento a favor da farsa: o sangue mostrado nas fotos aparentava ser mais claro do que o tom correto

4 - atores

4) Quem é quem?

Conspirólogos afirmam que Bauman, na verdade, seria Nick Vogt, ex-militar que de fato perdeu suas pernas, mas durante a Guerra do Afeganistão. Vogt teria sido pago para se passar por Bauman, com quem é muito parecido, para ajudar na ilusão do atentado- as bombas eram de fumaça, os feridos eram atores, etc. O motivo? A manutenção da “guerra ao terror”

5 - tarmelan e dzhokhar tsarnaev

5) Saiu pela culatra

Tarmerlan e Dzhokhar Tsarnaev foram apontados como responsáveis pelo crime, com motivações estritamente pessoais. Porém, o site israelense Debka File afirma que os irmãos seriam agentes contratados pela Arábia Saudita e pelos EUA para se infiltrar em redes jihadistas da região do Cáucaso, na Rússia. Mas algo saiu do controle e eles se converteram ao radicalismo religioso

6 - tarmerlan nu e sem ferimentos

6) Morto-vivo

Um vídeo da CNN supostamente mostra Tamerlan sendo detido pela polícia, nu e sem ferimentos – o que contradiz a informação divulgada pelo governo de que ele foi morto por oficiais durante a investigação. Outra estranheza: a polícia diz que encontrou Dzhokhar com ferimentos graves, mas fotos da apreensão o mostram saudável

7 - abdilrahman ali alharbi

7) E o saudita?

O site Infowars levantou outro fato curioso. O estudante saudita Abdulrahman Ali Alharbi, ferido nas explosões, foi inicialmente apontado pela imprensa como suspeito. Após uma suposta reunião do embaixador da Arábia Saudita com Barack Obama, as investigações sobre o rapaz terminaram. Rumores dizem que Michele Obama o visitou no hospital

Continua após a publicidade

EXPLICANDO A VERDADE

Confusão no Twitter e nos vídeos derruba teorias

– Extensas investigações concluíram que os irmãos Tsarnaev foram culpados pelas duas explosões que mataram três pessoas e feriram 282

– Tamerlan foi morto quatro dias após o atentado, durante a busca policial. No dia seguinte, Dzhokhar foi localizado e preso. Ele deve responder a 30 acusações criminais relacionadas ao atentado e à morte de um policial

– O vídeo da CNN mostra outro suspeito sendo preso, não Tamerlan

– O tom do sangue nas fotos pode ter sido deturpado pela impressão dos jornais ou até pelas câmeras

– As alegações dos sites Debka File e Infowars nunca foram amparadas em evidências concretas

– Algumas das teorias de que o atentado foi uma farsa partiram de uma postagem do jornalBoston Globe no Twitter. Ela dizia que haveria uma explosão controlada em frente à biblioteca, que foi entendida por alguns como uma premeditação das bombas. Mas a mensagem foi simplesmente mal interpretada por quem estava em um fuso horário diferente

LEIA OUTRAS MATÉRIAS DA SEÇÃO TEORIA DA CONSPIRAÇÃO:

– Os mistérios da Mona Lisa

– Elvis Presley não morreu?

– Lilith, a primeira mulher de Adão

– Toda pessoa tem uma cópia de si mesma no mundo?

FONTESBrasil de Fato e O Estado de S. Paulo, VEJA, e sites G1, Wirede The Craft

Continua após a publicidade
Publicidade