Logo ME

Por que o exame de papanicolau tem esse nome?

Pope Pope

Pope (/)

Pergunta da leitora – Fátima Baltazar

Não tem nada a ver com um papa. O nome desse exame ginecológico vem do médico de origem grega que o criou: Georgios Papanicolau. O teste detecta o câncer de colo uterino (cervical) – terceiro mais comum entre mulheres -, mas também pesquisa outros, como o de pulmão. No consultório, o ginecologista usa o espéculo para abrir as paredes vaginais da paciente e fazer uma inspeção visual. Em seguida, raspa com uma espátula de madeira e uma escova para retirar células do colo do útero. Elas são postas numa lâmina de vidro e enviadas para laboratório. “Esse exame é o melhor exemplo de prevenção do câncer e deve ser feito periodicamente por todas as mulheres que já iniciaram a atividade sexual”, diz o ginecologista Luis Gerk de Azevedo Quadros, de São Paulo.

Atenção, garotas!

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o exame deve ser feito anualmente nas duas primeiras vezes e, depois, a cada três anos

Fontes: Sites do Ministério da Saúde e do Instituto Nacional de Câncer (Inca)

Consultoria: Luis Gerk de Azevedo Quadros, ginecologista