Logo ME

Que seres podem viver no corpo humano?

Nem todos os nossos “caronas” são microscópicos...

per-120-seres-corpo-humano per-120-seres-corpo-humano

Larga do meu pé!

ANIMAL: Bicho de pé (Tunga penetrans)

TAMANHO: 1 mm

ONDE: Pele (geralmente, sola do pé) e unhas

Este tipo minúsculo de pulga vive em lugares arenosos, quentes e secos, como chiqueiros. Durante a reprodução, a fêmea se aloja na pele de mamíferos, como porcos e humanos, para se alimentar. Ela pode ficar lá até 15 dias, causando inflamação, incômodo, coceira e dor.

Tá na cara

ANIMAL: Cravo (Demodex folliculorum)

TAMANHO: 4mm

ONDE: Epiderme

É, meu amigo! Aqueles pontinhos pretos no nariz ou na testa não são sujeira. São um ser vivo – e bem feioso! É um tipo de ácaro, do filo dos artrópodes. O contágio acontece pelo contato com outra pele infectada. As fêmeas grávidas migram para a derme do novo hospedeiro e se fixam próximo a glândulas sebáceas para se alimentar de sua secreção.

Nosso corpo também tem bactérias, comoo Lactobacillus, na flora intestinal, e fungos, como o Candida albicans, na boca e vagina, entre outros órgãos.

Hóspede inconveniente

ANIMAL: Larva de mosca (Dermatobia hominis)

TAMANHO: Cerca de 2 cm

ONDE: Epiderme

O popular berne (ou dermatobiose) costuma ocorrer em bovinos, mas também pode rolar no homem, formando uma infecção similar a um furúnculo. Ali, a larva passa a fase parasitária de sua evolução, por até 40 dias. Depois, cai no solo, onde completa seu desenvolvimento até virar uma nova mosca sede de sangue.

ANIMAL: Carrapato (Amblyomma cajennense)

TAMANHO: Até 2 cm

ONDE: Pele Há mais de 800 espécies deste parasita. O mais comum nos humanos é o carrapato-estrela, também chamado de pólvora e micuim. Como se alimenta de sangue, pode transmitir doenças, como a febre maculosa, que, nos casos mais graves, leva à necrose dos tecidos e até à morte.

É coisa da sua cabeça

ANIMAL: Piolho (Pediculus capitis)

TAMANHO: Cerca de 3 mm

ONDE: Couro cabeludo

Este inseto desagradável fica agarrado aos fios de cabelo e se alimenta de sangue. A fase reprodutiva da fêmea pode durar semanas e ela chega a botar, por dia, em média, dez ovos (as famosas lêndeas). Além da coceira, o bicho pode transmitir doenças, como a febre tifoide.

A humanidade já coça a cabeça há séculos: cientistas chegaram a encontrar piolhos em múmias do Egito antigo.

Fita métrica

ANIMAL: Tênia (Taenia sollium ou Taenia saginata)

TAMANHO: Até 8 m

ONDE: Intestinos

Nem todos os nossos “caronas” são microscópicos. Este membro do filo dos platelmintos pode ter quatro vezes a altura do hospedeiro! Ele entra no nosso organismo quando comemos carne de boi ou porco infectada e, por ser hermafrodita, se fecunda para dar continuidade ao seu ciclo de vida.

FONTE: Artigo Bioecologia de Dermatobia hominis, de Simone Benghi Pinto, Vanete Soccol, Eliane Vendruscolo, Roberto Rochadelli, Paulo Ribeiro, Alaércio Freitag, Carlos Henemann e Márcio Uemura; Instituto de Ciências Biomédicas da USP e sites http://www.piolho.org.br e jornaldaciencia.org.br

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!