Logo ME

Como os conversores de alta definição melhoram a imagem da TV?

Só os conversores de alta definição (HD) conseguem decifrar os sinais digitais que transmitem as magens de altíssima resolução. Quem tem TV por assinatura em casa sabe que há alguns anos as empresas do setor oferecem conversores digitais para os assinantes. Mas só este ano é que começaram a ser lançados conversores digitais HD.

Os modelos tradicionais só conseguem ler o método de compressão de dados MPEG-2, que serve ara transmitir um sinal digital, digamos, “simplificado”. O sinal digital “completo” usa um método de ompressão de dados maior, o MPEG-4, justamente para levar mais informações, capazes de formar as imagens de alta definição. E só os conversores HD lêem o tal MPEG-4.

Além das TVs por assinatura, fabricantes de eletroeletrônicos lançaram os conversores HD – inclusive com modelos já embutidos na TV. Mas é bom lembrar que o conversor sozinho não garante a alta definição. Grande parte da programação ainda é transmitida por sinais analógicos. E ter o modelo certo de TV também é fundamental, como você confere abaixo.

TELA QUENTE

Só conversor HD com televisão Full HD garante imagem 100% em alta definição

TRANSMISSOR

As antenas das redes de TV emitem dois sinais por radiofreqüência: o analógico e o digital – ainda usado em poucos programas. O digital carrega mais dados, e pode levar uma qualidade de imagem melhor, que gera a alta definição (HD)

TV POR ASSINATURA

As TVs por assinatura captam os dois sinais e os enviam, via cabo, para os assinantes. Mas o sinal analógico não pode seguir via cabo. Por isso ele é transformado em um sinal digital “simplificado”, com o método de compressão MPEG-2

CONVERSOR TRADICIONAL

Os sinais via cabo são captados por um conversor. Mas o conversor tradicional só é capaz de receber o sinal digital “simplificado”, do tipo MPEG-2. Tais conversores foram criados quando as TVs abertas só emitiam sinais analógicos

CONVERSOR HD

Já o conversor HD entende sinais digitais tanto no formato MPEG-2 – que ainda leva a maior parte da programação – como no MPEG-4. Só este último formato consegue transportar todos os dados da imagem, que garantem a alta definição

TV COMUM

Resolução da tela: baixa (704 x 480 pixels)

Uma TV comum exibirá sempre uma imagem de baixa definição, não importando em qual tipo de conversor esteja conectada. É que ela só entende o sinal MPEG-2, além de ter uma tela de resolução baixa, com um número menor de pontos (pixels) para formar a imagem

HD READY

Resolução da tela: média (1366 x 768 pixels)*

Essa TV entende o MPEG-4 – por isso o nome HD Ready (“pronta para HD”). Com o conversor HD, ela exibe uma imagem bem melhor do que se ligada ao conversor tradicional. Mas ela não tem, necessariamente, o número de pixels com a resolução máxima da alta definição

FULL HD

Resolução na tela: máxima (1920 x 1080 pixels)

É a TV ideal: além de entender MPEG-4, ainda tem o número máximo de pixels. Porém, ela só exibe programas em alta definição quando ligada a um conversor HD. Com um conversor tradicional – que só lê MPEG-2 -, a imagem é igual à de uma TV comum

CONSULTORIA: ALESSANDRO MALUF, GERENTE DE PRODUTO DA NET TV

*OBS. O NÚMERO DE PIXELS NAS TVS HD READY PODE VARIAR