Logo ME

Por que a série “Penny Dreadful” tinha esse nome?

A fantástica série de terror do canal Showtime se inspirou num tipo de literatura barata, popular na Inglaterra do século retrasado

“Penny dreadful” era uma expressão usada para designar um tipo de literatura muito popular no Reino Unido durante o século 19. Era um resumo das principais características desses livros curtos e ilustrados: “penny”, em inglês, significa centavos (já que esses livretos eram muito baratos) e “dreadful” significa sinistro (já que a maioria deles contavam histórias de crime, assassinato, perseguição, tortura ou envenenamento).

Seus protagonistas eram quase sempre detetives, criminosos e até entidades de outros mundos. Não por acaso, muitos desses elementos estão presentes na série Penny Dreadful, de John Logan, ambientada em uma Londres vitoriana cheia de casos sobrenaturais. O elenco principal interpreta personagens extraídos de livros como Drácula, de Bram Stoker, O Retrato de Dorian Grey, de Oscar Wilde, ou O Médico e o Monstro, de Robert Louis Stevenson.

 

 

Depois de três temporadas, o último episódio foi ao ar pela TV americana no dia 19 de junho de 2016, e desde então os entusiastas do programa estão organizando petições que imploram: “Netflix, salve Penny Dreadful!”

FONTES British Library, The Guardian, IMDb e Change.org

 

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!