Logo ME

Por que as novelas mexicanas são tão ruins?

Elas não são, necessariamente, ruins - apenas têm um estilo narrativo diferente do que estamos acostumados. O esquema de produção também é bem diferente.

PERGUNTA Nicolli Costa, Curitiba, PR

Herança latina

Elas não são, necessariamente, ruins – apenas têm um estilo narrativo diferente do que estamos acostumados. Uma das principais influências são as radionovelas cubanas ou argentinas, que têm pouco compromisso com a realidade ou liberdade criativa. Os telespectadores se acostumaram à previsibilidade. A mocinha, por exemplo, tem que ser sempre pobre e sofredora.

Pobreza pega!

O padrão de produção também é bem diferente. Se na Globo o orçamento de um único capítulo pode chegar a R$ 650 mil, na emissora Televisa esse valor fica em torno de R$ 130 mil. E aí já viu: do cenário ao figurino, tudo tem que ser mais modesto. O elenco tem apenas cerca de 30 pessoas. Para você ter uma ideia, A Regra do Jogo (2016) tinha 66.

+ InfoPop: Qual foi a pior vilã das novelas?

+ Que novelas passaram pelas mudanças de roteiro mais mirabolantes?

Linha de montagem

O ritmo de criação da Televisa é frenético – até mais que o da Globo. Enquanto a emissora brasileira produz três novelas simultaneamente, a mexicana cuida de 12. Para agilizar, 95% das cenas são gravadas em estúdio. Imagens ao ar livre e locações em outros países (que estão sujeitas a imprevistos e custam caro) são raríssimas.

novela2

Sofriiiiiido

Sem tempo para decorar suas falas, os atores recorrem ao ponto eletrônico – aparelho no ouvido que lhes repassa o roteiro. Isso ajuda a explicar a interpretação exagerada. “As novelas mexicanas não são naturalistas e, sim, melodramáticas. É como se eles fizessem teatro na TV”, explica Silvia Oroz, mestre em comunicação pela Universidade de Brasília.

+ Como é feita uma novela?

+ Por que as novelas da Globo são “das 6”, “das 7” e “das 8”, se não começam nesses horários?

Nada de baixaria

O público é conservador, então temas como drogas, aids e política não são abordados. Palavrões, sexo, nudez ou violência, nem pensar! “Existe uma preocupação em não ultrapassar os limites do tolerável”, afirma Andres Kalikoske, doutor em ciências da comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Ajoelhou, tem que rezar

Há vários tipos de restrições aos autores. É comum a exigência de que a heroína reze para Nossa Senhora de Guadalupe (padroeira do México) pelo menos uma vez por semana. Os diálogos devem ser curtos e, além da trama principal, existem, no máximo, três histórias paralelas. Haja rixas familiares, namoros proibidos e desencontros amorosos!

AMIGAS E RIVAIS

Compare as principais emissoras “noveleiras” no Brasil e no México

GLOBO

FUNDAÇÃO: 26 de abril de 1965

PRIMEIRA NOVELA: Ilusões Perdidas (1965)

NOVELAS JÁ PRODUZIDAS: 290

CAMPEÃ DE VENDA PARA O EXTERIOR: Avenida Brasil (130 países)

NOVELAS PREMIADAS NO EMMY INTERNACIONAL: 4

TELEVISA

FUNDAÇÃO: 21 de maio de 1951

PRIMEIRA NOVELA: Senda Proibida (1958)

NOVELAS JÁ PRODUZIDAS: 753

CAMPEÃ DE VENDA PARA O EXTERIOR: Maria do Bairro (182 países)

NOVELAS PREMIADAS NO EMMY INTERNACIONAL: Zero

CONSULTORIA Andres Kalikoske, doutor em ciências da comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Mauro Alencar, doutor em teledramaturgia brasileira e latino-americana pela Universidade de São Paulo (USP), e Silvia Oroz, mestre em comunicação pela Universidade de Brasília (UnB)

FONTES Sites O Globo e UOL Televisão